15 de dezembro de 2017

Atenção, pais!

Repercutindo e analisando a notícia



Os dados a seguir são fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), extraídos de uma notícia publicada na internet, que afirma: 


69% dos filhos cujos pais terminaram o ensino superior seguiram o mesmo caminho. Na outra ponta, entre pais que nunca foram à escola, a chance de um brasileiro alcançar um diploma universitário é de apenas 4,6% (Uol Educação).


Em síntese, os filhos de pais que tem mais escolaridade possuem maior chance de ingressar numa faculdade. Logo, a formação escolar dos pais é determinante para o sucesso dos filhos na hierarquia educacional.

Evidentemente, que há pais que não tiveram oportunidade de estudar e mesmo assim seus filhos conseguem se formar na educação básica e chegar à universidade, mas esse grupo é a minoria, segundo informa a notícia, representando apenas 4,6% do público pesquisado.

O fato é que, independente do nível de escolaridade dos pais, um fator que pode ser determinante e decisivo para o sucesso do filho é o seu acompanhamento escolar por parte da família, o incentivo aos estudos, a cobrança por um bom rendimento nas avaliações, assiduidade, pontualidade, feitura dos deveres e trabalhos e o respeito pelos professores. Enfim, é fundamental que as famílias criem uma rotina que propicie aos seus filhos cultivar o hábito de estudar. Lembre-se, os filhos, em muitos casos, são reflexos do que vivenciam em casa com os pais, então cuidado com seus comportamentos e atitudes, pois elas podem ser copiadas pelas crianças e adolescentes!

Por fim, a notícia aborda que a pesquisa mostra desigualdade de acesso ao nível superior considerando gênero e raça. Entre pretos e pardos, a chance de se chegar e concluir o nível superior é menor do que entre os brancos, e há dados empíricos que mostram que as mulheres conseguem atingir níveis de ensino mais elevados do que os homens.

2 comentários:

  1. Como é importante a participação da familia no processo educativo.
    Observamos que os alunos com a familia presente no desempenho escolar do filho, são os que têm mais comprometimento com os estudos, respeitam mais na escola e admiram os professores.
    Por isso o resultado sempre é positivo.
    Essa união de Família e Escola é muito importante! Participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Família que apoia a escola e o professor faz a diferença, positivamente. O contrário disso, isto é, àqueles pais e responsáveis que vão à escola bater boca com educadores, "passam as mãos" na cabeça do filho, acham que a criança ou o adolescente é santo também fazem a diferença, negativamente. Alguns desses tipos estão chorando os filhos no cemitério, outros assistem ao filho crescer e se transformar em mão de obra barata.

      Excluir

Seu comentário será publicado em breve!